Who was who in the establishment of the Portuguese India Route

 
António de Abreu

A vida
Filho de Garcia de Abreu, fidalgo da vila de Avis, António de Abreu nasce em data que desconhecemos, provavelmente durante o reinado de Dom João II. Em 1511 encontra-se no Índico ao serviço de Afonso de Albuquerque e participa activamente na conquista de Malaca, como capitão da nau Santiago. Em Novembro desse ano, Albuquerque nomeia-o capitão-mor de uma armada que tem como missão atingir as regiões produtoras de cravo, noz-moscada e maça e estabelecer relações amigáveis com as populações locais. Acompanham-no Francisco Serrão e Diogo Afonso. Francisco Serrão chega a atingir as ilhas de Maluco, mas perde o seu navio em Ternate, enquanto António de Abreu navega pela costa das ilhas de Samatra, Java, Bali, Solor e atinge as ilhas de Amboino e Banda, conseguindo carregar as desejadas especiarias. Regressa a Malaca, onde permanece alguns anos, antes de partir de regresso para o reino. Morre durante a viagem, nas imediações dos Açores, entre 1518 e 1522.

Descobridor da Austrália ?
Durante algum tempo muitas dúvidas envolveram a vida e viagens de António de Abreu. Em primeiro lugar, é por vezes confundido com um homónimo, nascido na ilha da Madeira, que parte para a Índia em 1523 e serve como capitão-mor do mar em Malaca nos anos seguintes. Por outro lado, António de Abreu também surge associado a discutíveis teorias sobre uma eventual descoberta portuguesa da Austrália. Com base na representação do contorno de uma grande ilha ou continente, a sul de Java, em cartas francesas de meados do século XVI (da chamada "escola de Dieppe"), que também incluem toponímia de origem portuguesa, alguns autores atribuem a navegadores essa descoberta. António de Abreu, com a sua viagem até às Molucas, assim como Cristovão de Mendonça, em 1522, e Gomes de Sequeira, em 1525, são alguns dos candidatos a eventual descobridor da terra australiana. Contudo, não existem provas documentais que permitam sustentar tal tese.
 

Citation Information:

Paulo Guinote,
2003, India Route Project:
Who was who in the establishment of the Portuguese India Route, World Wide Web, URL, http://nautarch.tamu.edu/shiplab/, Nautical Archaeology Program, Texas A&M University.