Who was who in the establishment of the Portuguese India Route

 
João de Barros

A vida
Aquele que é considerado um dos mais destacados cronistas portugueses do século XVI, em particular no que se refere ao relato da expansão ultramarina portuguesa, nasce em Viseu cerca de 1496. Filho de Lopo de Barros, escudeiro da Casa Real, João de Barros frequenta a Corte portuguesa desde muito jovem, onde se torna moço do guarda-roupa do rei Dom João III. Entre 1525 e 1528 é nomeado tesoureiro da Casa da Índia e da Casa da Mina e Ceuta e entre 1533 e 1567 é feitor da Casa da Guiné e da Mina. Neste período, recebe diversas mercês de Dom João III e Dom Sebastião, entre as quais de destacam uma autorização para importar anualmente 4000 cruzados de especiaria, isentas de qualquer imposto, para posterior revenda e uma tença anual de 400.000 réis brancos. Em 1535 recebe ainda a doação de uma das capitanias criadas no Brasil, para onde envia uma armada com 10 navios e cerca de 900 homens, embora com escassos resultados económicos. Morre em 1570, em Pombal.

A obra
A obra literária de João de Barros, iniciada em 1522 com a publicação da Crónica do Imperador Clarimundo, é vasta e estende-se por diversas áreas, da pedagogia e gramática à história e filosofia, e eleva-o à categoria de um dos principais humanistas portugueses do Renascimento. Em 1532 publica a sua obra mais discutida, a Ropica Pnefma, ou Mercadoria Espiritual, diálogo filosófico entre o tempo, o entendimento, a vontade e a razão, que em 1581 é inlcuída no index. Na área do pensamento político, o seu escrito mais relevante é o Panegírico do Rei Dom João III (1533). No campo da linguística e pedagogia publica uma Cartinha para Aprender a Ler (1539) e uma Gramática da Língua Portuguesa (1540). Na sua principal obra historiográfica, as chamadas Décadas da Ásia, procura traçar um quadro geral da expansão marítima portuguesa em tom épico. A sua publicação inicia-se em 1552 mas o quarto e último volume só é impresso, postumamente, em 1614.

 

Citation Information:

Paulo Guinote,
2003, India Route Project:
Who was who in the establishment of the Portuguese India Route, World Wide Web, URL, http://nautarch.tamu.edu/shiplab/, Nautical Archaeology Program, Texas A&M University.