Naufrágio do São Pantaleão, 1651 (III)

Arquivo da Alfândega de Ponta Delgada
Livro de Registo da Alfândega de Ponta Delgada, 1638-1654, fl. 546


Registo de hum mandado do provedor das armadas/ joão do Canto de Castro e de huma Copia de hum Aviso/ junto ao ditto mandado do provedor da fazenda destas/ ilhas dos Asores Antonio diniz Barbosa e do ditto pro/vedor das armadas Sobre naofragio do galião São/ Pantallião

Eu João do Canto de castro provedor das Armadas e naos/ da india mina e gine por sua magestade que deos guarde nestas/ ilhas dos asores [?] faço saber a Andre da ponte de Sousa/ contador da fazenda do ditto Senhor nas ilhas de São miguel/ E sancta maria e a Duarte Borges da Camara juiz da al/fandega da dita ilha de São miguel e bem assj aos mais/ menistros e officiais da fazenda e justissa que o Conhecimento deste Com/ direito pertençer que por Convir ao Servisso de Sua magestade/ porsse em boa aReCadação os massames madeira e arte/lharia do galião d armada Real chamado São Pantalião/ que na Costa dessa ilha em a paragem da ponta da galle fez/ naofragio e deu a Costa E soCoressesse a gente que se salvou/ da obrigação do ditto galião na forma do meu Regimento [?]/tey com o provedor da fazenda de Sua magestade nestas ilhas Antonio/ diniz Barbosa e asentamos as Cousas mais Convenientes/ ao Servisso do ditto Senhor que Conthem o Auto e asento, Cuja/ Copia vaj ao diante, em vertudo do qual mando aos ditos/ Contador e juis da alfandega que com o devido/ Cuidado e deligençia/ dem Logo comprimento ao ditto asento na forma que nelle se/ comthem e outrossj mando ao feitor da fazenda francisco soares/ de mello ou a quem seu Cargo servir asista com o ncessario/ para as despesas das ditas cousas aCordadas em o dito/ asento por Conta da fazenda Real e outrossj mando a todas/ as justissas ordinarias da dita ilha de são miguel asistão/ a todo o que for nesesario para bem e Segurança da Real/ fazenda dando lhes pelos ditos contador e juis da alfandega/ Requerendo ou mandado sob penna de perdimento de seus officios/ Athe mersse del Rej e das mais pennas nas que por direito meresse/rem e de por qual quer pessoa, ou pessoas que for Causa do aver/ descuido em Alguma perda da dita fazendase aver por [?]/neada o que huns e outros Comprireis e as não façais dado em/ Angra da ilha 3ª sob o meu sinal somente aos tres dias do mes de fevereiro/ de mil e seis sentos e cinquoenta e hum Annos Diogo soares escrivão/ das provedorias da fazenda e Armadas nestas ditas ilhas que o escrevj/ E a gente do mar não vira Sem nova ordem mas avendo embar/casão em que [?] a dejcharão [?] Vir com Lista Remetida aos/ almazens joão de Canto de Castro



Arquivo da Alfândega de Ponta Delgada
Livro de Registo da Alfândega de Ponta Delgada, 1638-1654, f.456v


Anno do nascimento de nosso Senhor jesus Cristo de mil e seis/ sentos sinquoenta e hum aos trinta dias do mes de janeiro do/ ditto Anno na çidade de Angra da ilha terceira nos altos/ da alfandega della sendo presentes Antonio diniz Barbosa cava/leiro professo da ordem militar de nosso Senhor [?] prove/dor da fazenda de Sua magestade nestas ilhas dos asores e joão de Canto/ de Castro provedor das armadas e naos da india mina e guine/ nestas dittas ilhas e Pello ditto Provedor da fazenda foy pro/posto em Como Por avisos que tivera da ilha de são miguel do/ governador geral dela Luiz mendes de vasconsellos e de Duarte/ Borges da Camara juis d alfandega da ditta ilha e de outros me/nistros da fazenda Soubera elle ditto Provedor em Como em tres/ do Corente mes de janeiro fizera naofragio dando a Costa na/ dita ilha na parage da ponta da galle junto a villad agoa/ do pao hum gallião d armada Real chamado São Pantalião/ que avia partido do estado do brasil em Companhia dos mais/ galioens da dita Armada E embarcacoens de Sua Conserva/ de que vinha por general Antonio telles de meneses e que o ditto/ galião dera a Costa em tão Roim Lugar e Costa brava que/ a gente que trazia morerão afogados mais de trezentos homens/ e Somente esCaparão Com vida trinta e tantos em que se encontravão/ o mestre de Campo Dom fernando telles de faro.


Citation Information:

Paulo Monteiro,
2003, India Route: A perda do galeao S. Pantaleao, 1651 (III), World Wide Web, URL, http://nautarch.tamu.edu/shiplab/, Nautical Archaeology Program, Texas A&M University